Gustavito & A Bicicleta

by gustavito e a bicicleta

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
3.
05:35

credits

released May 24, 2014

tags

license

all rights reserved

about

gustavito e a bicicleta Belo Horizonte, Brazil

contact / help

Contact gustavito e a bicicleta

Streaming and
Download help

Track Name: Quilombo Oriental
Pena de pavão
Rabo de arraia
aqui tem capoeira
vem, pode entrar

o meu babalaô
navega em outro mar
na índia dos Palmares
tem vatapá

pra mandar descer
no quilombo oriental

Krishna vai descer no badauê
cantar um afoxé no seu gongar
junto com Gandhi
Track Name: Canina Intuição
Um bando que viaja
Seis ou sete na matilha
Como se fossem família
Ou filhos de algum pai
Um meio que guiando
Vez por outra se revezam
Parecendo até saber pra onde vão
Canina intuição

Ladeira da Coragem todo dia Costurar
No fio da navalha a serenata No perfumado beco das cadelas
Farejar
Um gosto diamante meio fio
Um bando bom de briga
Ou um clã de fugitivos
Ou piratas de uma tribo
Ou netos de algum deus
Tão imprecisamente
Sobrevivem da certeza
De que os restos de uma mesa de família
São o prato temperado da quadrilha
Canina diversão

Ladeira da Coragem todo dia
Costurar
No fio da navalha a serenata
No perfumado beco das cadelas
Farejar
Um gosto diamante meio fio
Track Name: Oferenda
Essa sombra que da na areia
Pro lado de ca pro lado de lá
Essa sombra que da na areia
Quando a lua roçou na areia
Tudo iluminou a pele
Das menina que da na areia
Pro lado de ca pro lado de la
As menina que da na areia
Motoqueiro passou na roça
Com a convocação
O alto falante gritava que era festa de santo
Fui correndo na casa de maninho lhe contar novidade
Essa noite era festa pro povão
Fui puxando pra entrar na dança
Te pego daqui te jogo de lá
Moço feio com moça branca
Cintura aqui acolá
Que cintura que tinha a moça
Cintura aqui acolá
Que cintura quentinha moça
Aproveitei
A noite inteira
Me aproximei
Moça festeira
Cigana
Amanhecendo dançar
Na foz do rio que chegou no mar
A jangada perdeu da areia
Eu, a moça, o céu e o mar
Me passou pela vista a prece
Meu senhor santo Antônio
Se essa moça não for sereia...
Ai se essa moça não for sereia...
Quando o mar agitou as andorinha arrevoaram pra areia
Eu rezava pedindo por coragem
Pro lado de cá pro lado de lá
Eu rezava pedindo por coragem
Me atropelou
A tempestade Quase caí
E ela sorrindo Cantou
Até o tempo parar!
Cada onda que da na areia
Preste atenção meu cumpadi
Ela era mesmo sereia
Me aprumei
Tratei dos panos
Me embriaguei
Pra santo Antônio
Cigano Casamenteiro de lá
Noite toda forró na areia
Tinha moça de fora no baile
Não é direito ficar sozinha
Me ensinou meu avô